Censura em Versalhes

A peça “A Noiva” da artista Joana Vasconcelos, uma das suas peças mais conhecidas e com maior visibilidade internacional, não vai integrar a exposição que irá ser inaugurada no próximo dia 19, no Palácio de Versalhes, por ter sido considerada, pela organização, como pouco adequada. Dado o espaço, o ambiente e a história diria que um lustre era muito adequado, não fosse o dito lustre ser feito com tampões higiénicos, talvez não tivesse ocorrido esta “pequena” censura. Ou será que a censura se deve ao nome da peça e não ao que a compõe? Em França, parece haver sempre alguma confusão entre os primeiro ministro e a(s) sua(s) dama(s)! Mas censura é sempre censura…
Polémicas e censuras à parte, Joana Vasconcelos será a primeira mulher a expor em Versalhes e a sua exposição, em 2010 no CCB, foi a exposição mais visitada de Portugal. Nas suas peças utiliza artesanato português e preferencialmente produtos portugueses. Gostar ou não gostar, arte ou exibicionismo, depende do que cada um considera como arte, bonito ou feio. Sem dúvida, divulga Portugal pelo mundo e um pouco da nossa cultura.
Entrevista no DN
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s