Uma possível solução para a redução da poluição nas cidades

A poluição nas cidades pode reduzir cerca de 30% com a plantação de árvores no passeio e a criação de paredes “verdes”, recorrendo a espécies trepadoras. Estes resultados foram publicados, esta semana, no Journal of Environmental Science and Technology.
As paredes e telhados verdes são os novos must de uma arquitetura sustentável inspirada na natureza e alguns dos seus benefícios, já comprovados, são: melhoria da qualidade do ar, do isolamento térmico, da absorção do dióxido de carbono e da saúde dos habitantes. Podem ser encontrados, em várias cidades mundiais, edifícios com fachadas cobertas de vegetação, jardins verticais e coberturas com relvados, prados ou plantas rasteiras. Na Alemanha, Áustria e Suíça existem incentivos e benefícios económicos/fiscais para este tipo de sistemas “verdes”.
Na antiga Roma e na Babilónia, os telhados e paredes verdes já eram utilizados como ornamentação e também para diminuir as amplitudes térmicas.
Em Portugal, o Jardim das Oliveiras no CCB, a Gulbenkian, as Nature Towers e o centro comercial Dolce Vita Tejo são alguns exemplos de edifícios com telhados verdes e/ou paredes verdes.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s