Mares e Marés

As marés, ou seja a subida e descida periódica das águas do mar, são provocadas, principalmente, pelo movimento da Lua em volta da terra e da terra em volta do Sol.
Quando a Lua está por cima das nossas cabeças ou por baixo de nós (antípodas), a força gravitacional que exerce, “puxa” a água do mar gerando a maré cheia. Quando a Lua está perpendicular à nossa vertical surgem as marés vazias.
O tempo que demora a termos a lua por cima da nossa cabeça duas vezes consecutivas é de aproximadamente 24 horas e 50 minutos o que faz com que tenhamos duas marés cheias e duas marés vazias por dia com uma diferença de 6 horas e 13 minutos. Esta é a razão pela qual, todos os dias, a maré se adiante quase uma hora.
O força gravitacional do Sol tem também um efeito sobre as águas do mar. Quando está alinhado com a Lua (Lua Nova e Lua Cheia) tem um efeito de reforço fazendo com que as marés sejam mais prenunciadas (Marés Vivas), quando o Sol está em quadratura com a Lua (Quarto Crescente e Quarto Minguante) o efeito do Sol é atenuador registando-se marés de menor amplitude (Marés Mortas).
Na altura dos Equinócios (21 de Março e 23 de Setembro), uma vez que o Sol está sobre o equador reforça ainda mais a força que exerce sobre a água do mar fazendo com que as marés vivas sejam ainda maiores.
Em média, nas marés vivas, o mar em Portugal Continental sobe e desce 1,5 metros acima e abaixo do nível médio da águas do mar e nas marés mortas o mar sobe e desce apenas 70 cm.
Na Madeira, os valores são, respetivamente, de 1 metro e 50 cm e no Açores de 70 cm e 30 cm.
Os valores são diferentes porque se o mar junto à costa sobe e desce, no meio do oceano acaba por ficar bastante mais parado e o fenómeno das marés é muito menor.
As marés são ainda influenciadas por outros fatores não astronómicos: a pressão atmosférica e o vento.

Marés como referencial:
O Nível Médio da Águas do Mar é definido para cada país com base no valor médio da altura do nível da água do mar ao longo de um determinado período de tempo. Este referencial é utilizado para medir a altura (por exemplo das montanhas) e a altitude (por exemplo dos aviões).
O Zero Hidrográfico é também definido para cada país e é a menor das marés vazias medidas durante um período de 50 anos, valor ao qual se retira ainda 20 cm. Este valor é utilizado, por exemplo, para medir a profundidade dos portos ou como referência nas cartas náuticas.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s