Dia dos bolinhos

Depois de terem calcorreado as ruas do bairro com os seus saquinhos do pão em riste, recolheram muitos rebuçados, chupas, broas, línguas de gato, nozes e amendoins, o stock deve chegar até ao próximos bolinhos, parece-me! Mas acima de tudo valeu pelo entusiasmo com que corriam para as portas e pela boa companhia dos amigos. O dizer “bolinhos, bolinhos à porta dos santinhos” requere mais treino, estava fraquinho :)! Este ano viam-se muitos meninos na rua a pedir os bolinhos, bem mais que me anos anteriores, serão sinais da crise? Esperemo que seja apenas a vontade que esta tradição não morra e/ou não seja substituída pela do Halloween que nada tem a ver connosco! 

Iguarias tipicas, desta altura e da zona, são as broas de mel e nozes que só têm um defeito é impossível comer só uma, um pequeno manjar dos deuses. Aqui ficam as receitas dos três tipo de broas mais apreciados pela família. 

Broas da Avó Eugénia
4 medidas de farinha
4 medidas de açúcar
1 medida de azeita
1 medida de água
4 Ovos
Raspa de limão
Farinha de trigo
Erva doce
Nozes a gosto
Põe-se numa panela a água, o azeite o açúcar e a erva doce. Junta-se a farinha e mexe-se. Vai ao lume até estar cozido. Tira-se do lume e deixa-se arrefecer. Juntam-se os ovos (4) , bicarbonato de sódio, raspa de limão e farinha trigo até tender. Tendem-se as broas e vão a cozer em tabuleiro.
Broas de farinha de trigo e milho
1kg farinha “Branca de Neve”
200g de farinha de milho
600g de açúcar
2,5 dl de óleo ou azeite
7 dl de água
50g de erva doce
1 colher de sopa de canela
2dl de mel
Nozes a gosto
Sal q.b.
Leva-se tudo ao lume exceto  a farinha “Branca de Neve” e a Erva Doce. Deixa-se ferver até engrossar. Fora do lume e depois de arrefecer um pouco, junta-se a farinha “Branca de Neve” e a Erva Doce.  Se a massa estiver mole pode-se deitar mais farinha e é só mexer bem. Finalmente tendem-se as broas (pequenas porque crescem) com as pontas dos dedos molhadas em óleo. Colocam-se em tabuleiro untados com óleo ou polvilhados com farinha e vão a cozer em forno médio.

Broas à moda de Abrantes
0,5L de azeite
1L de água
750g de açúcar amarelo
Nota 1: Pode ser com açúcar branco
Nota2: Ainda melhor se for 500g de açúcar e 250g de mel
30g de Erva doce moida
10g de canela em pó
1 colher de café de sal
100g de miolo de nozes
1Kg de farinha
Açúcar para polvilhar no fim
Picar a nozes miudinhas. Num tacho (largo) junte o azeite, a água, o açúcar, a erva doce, a canela, o sal , e as nozes picadas. Leve ao lume e deixe levantar fervura. Retire do lume e junte a farinha, mexendo muito bem com a colher de pau. Leve novamente ao lume, para enxugar, mais 2 ou 3 minutos e vá mexendo a massa com cuidado até que se descole das paredes do tacho. Retire e despeje sobre a mesa. Deixe arrefecer um pouco, mas com a massa ainda quente, molde as broas, pequeninas, com as palmas das mãos; dê-lhes alguns golpes em xadrez com as costas de uma faca. Coloque-as num tabuleiro polvilhado com farinha e leve ao forno para alourar um pouco cerca de 15 minutos. Retire-as depois e coloque -as em camadas numa numa bandeja polvilhe-as com açúcar areado.
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s