Estado

"Filhos não, obrigada!"

Um artigo interessante “Filhos não, obrigado!” e no qual ando a meditar há uns dias. 
Se a uma mulher que não tem filhos, por opção, lhe é apontado o dedo ou defeito, quem tem mais de dois, como eu, não se livra de ouvir, com frequência, comentários do género “Tens 3? Credo!”; “3?? Tão nova, pareces uma miúda!”, “És doida!”, “Não tens televisão?”, “O terceiro foi uma acidente de percurso, não?”. Os que me elogiam o ar jovem, enchem-me o EGO, os meus alunos são especialistas :), mas, regra geral, fico sem saber bem o que responder, que é coisa rara, e normalmente respondo “Sim tenho 3 e sim porque quis”!  
Penso que ao ter ou não ter filhos, e em que número, se aplica a máxima que tudo o que foge à regra, à média, é causa de espanto, crítica e incompreensão. Opções, cada um toma as que quer e/ou pode, o resto “Cagari, cagaró!” que “Os cães ladram e a caravana passa!”.    
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s