Recordações de outras férias

Primeira coisa ao acordar “Está bom para ir à praia?” e de seguida “E o mar? Qual é a bandeira?”, estas eram as nossas preocupações, minhas e do tio das américas, durante as férias que passámos numa praia bem acima do rio Tejo. Neblina matinal era dia sim, dia sim, que às vezes se prolongava e só víamos o sol depois de almoço, a água era fria, fria que enregelava os ossos, o mar picado, as bandeiras verdes que apanhámos ao longo de todos aquele anos contam-se pelos dedos das mãos, se calhar temos de acrescentar os dos pés, uma vez que foram muitos anos! A expectativa diária do “podemos ir à praia ou não” mas a verdadeira emoção era tomar banho naquele mar picado e gelado, o número de vezes que nos enrolámos nas ondas, os banhos de areia e o que nos ríamos “Xii, olha bem aquela onda, agora é que vai ser!”. Os pescadores, partiam da praia, iam ao mar lançar as redes, os veraneantes ajudavam as puxar as redes e quando a rede chegava formava-se uma amontoado de gente. Passear na marginal à noite com casacos de inverno bem apertados, três dedos de boa conversa sempre acompanhados pela cacimba noturna que caía dia sim, dia não. Boas recordações … Isto tudo porque nos primeiros dias por terras algarvias apanhámos o mar mais agitado e água bem mais fria que o habitual mas para o pessoal que está habituado às praias mais a norte, isto não é nada…
Até houve quem surfasse…


Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s