Coração de pedra/coração de manteiga

Pimpolha mais pequena, aos 3, quase 4, anos tem charme e usa-o com mestria sempre que lhe dá jeito e/ou não está para se cansar. Tem perfeita noção que com alguns funciona sempre, com outros quase sempre e com outros raramente, é nos dois primeiros que ela investe estrategicamente, sem dó nem piedade. Ao almoço  “Põe uma colherada para a boca e come!” diz o pai. “Não! Quero que tu me dês”. Pimpolha mais velha observa “Pai, tens que ser como a mãe, tipo pedra, tu és como o queijo derretes! A mãe tem coração de pedra e não lhe dá e tu tens coração de manteiga e acabas por lhe dar!”. Depois do nosso ar boquiaberto, face à teoria apresentada e explanada com exemplos das professoras do livros da gémeas e das quatro torres pela pimpolha mais velha, pimpolha mais pequena volta ao ataque “Pai, dás-me?”. “Não!” responde o pai e pimpolha mais velha incentiva “Isso, tens de ser forte!” entre os nosso risos pimpolha mais pequena contra-ataca “Porquê? A mãe não te deixa?” PUMBA …. sempre a jogar com atenção, não lhe escapa nada, mas comeu tudo com a sua mão, depois de algum, talvez muito, tempo à mesa e algumas lágrimas de crocodilo!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s